29 de jul de 2013

Farmacocinética: Distribuição

É a transposição de um fármaco da corrente sanguínea para os tecidos. Esse processo é afetado por fatores fisiológicos e pelas propriedades físico-químicas da substância. Os fármacos pouco lipossolúveis, por exemplo, possuem baixa capacidade de permear membranas biológicas, sofrendo, assim, restrições em sua distribuição. Por sua vez, as substâncias mais lipossolúveis podem se acumular em regiões do tecido adiposo (aumentando a permanência do fármaco no organismo). Também podem ocorrer alterações na distribuição por conta da ligação com proteínas plasmáticas, o que pode limitar o acesso do fármaco aos locais de ação intracelular.

  • Saiba mais:

Biodisponibilidade: consiste na quantidade de droga livre que atinge seu local de ação ou alcança o fluido biológico, a partir do qual tem acesso ao local de ação. É a fração da droga que chega à circulação.

Bioequivalência: dois produtos são bioequivalentes quando possuem os mesmos princípios ativos, mesma dose e via de administração e apresentam estatisticamente a mesma potência.

Laís de Souza e Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar! \o/